Dalmo Correia Filho

09/05/2022

Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Sergipe (1988), Residência em Infectologia pela UNESP (1991), Título de Especialista em Infectologia. Mestrado em Medicina Tropical pela Universidade de Brasília (1993) e Doutorado em Medicina Tropical pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000). Professor Associado-III da Disciplina de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Tem experiência na área de Medicina Interna, com ênfase em Infectologia (HIV/SIDA e infecção hospitalar) e Medicina Tropical, atuando principalmente nos seguintes temas: doença de Chagas, Co-infecção T.cruzi/HIV, Análise da Variabilidade da Frequência Cardíaca na doença de Chagas e Imunopatogernia e tratamento da doenças de Chagas e Leishmanioses. Atua no curso de pós-graduação stricto sensu em Medicina Tropical e Infectologia da UFTM, como docente e orientando alunos desde 2000. Tem experiência na editoração de periódicos científicos. Participou do curso para editores científicos promovido pela British Medical Journal em novembro de 2008 em Oxford, Inglaterra.É Editor Chefe da Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical desde 2009. A experiência administrativa inclui membro da Comissão de Acompanhamento dos Trabalhos da Comissão de Avaliação Institucional Externa INEP/MEC (2009). Membro da Comissão de Julgamento das propostas referentes aos Editais FAPEMIG 16/2010 (Programa de Apoio a Núcleos Emergentes de Pesquisa – PRONEM) e Pesquisador Mineiro 2012 (PPM/2012). É Pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UFTM desde outubro de 2005 até a presente data. Coordenador do Grupo de Pesquisa cadastrado no CNPq Estudo da Variabilidade da Freqüência Cardíaca na Doença de Chagas e suas Co-infecções. Coordenador do Laboratório de função autonômica cardíaca e do Ambulatório de Doença de Chagas da UFTM.