_destaque, Notícias

Dengue: MG e Rio de Janeiro vivem epidemia

Segundo o Ministério da Saúde, o cenário também é alarmante no Acre, no Paraná e no Distrito Federal.

04/02/2024

No Brasil, em janeiro de 2024, o mosquito aedes aegypti espalhou a dengue por todas as regiões. O estado de Minas Gerais e a cidade do Rio de Janeiro decretaram epidemia.

situação crítica levou o governo de Minas Gerais a decretar epidemia de dengue em todo o estado. Foram mais de 36 mil casos apenas no primeiro mês de 2024; quase o dobro do mesmo período de 2023.

Os dados divulgados nesta sexta-feira (2) também levaram a Prefeitura do Rio de Janeiro a decretar epidemia de dengue. Foram mais de 10 mil casos registrados só em janeiro, na cidade do Rio de Janeiro – quase metade dos registros de todo o ano de 2023 – e foi também o maior número de internações por causa da doença em 50 anos.

Segundo o Ministério da Saúde, além do Rio e Minas, o cenário também é alarmante no Acre, no Paraná e no Distrito Federal. Os dados nacionais mostram que já foram 262.247 casos nas primeiras quatro semanas do ano; 301% a mais do que no mesmo período de 2023.

Depois de quase quatro décadas de surtos sucessivos de dengue e um aumento preocupante dos casos, as dúvidas em relação aos sintomas e ao tratamento da doença crescem na mesma proporção. Ela pode ser confundida com gripe, com Covid ou outras viroses. Os pesquisadores da Fiocruz alertam para a importância do diagnóstico preciso e precoce.


“Os principais sintomas da dengue são febre, geralmente febre alta, acima de 39º C, dores no corpo, dor de cabeça e dor atrás dos olhos, podendo ou não surgir manchas no corpo”, explica André Siqueira, médio infectologista da Fiocruz.


E existem sinais de alarme que indicam que a dengue pode estar se complicando.


“Sangramento, vômitos intensos que a pessoa não consegue se hidratar ou se alimentar adequadamente, dor abdominal, dor na barriga, tontura, desmaios”, afirma André Siqueira.


E como saber se é mesmo dengue?


“No momento em que a pessoa tem os sintomas e tem essa suspeita de dengue ou essa possibilidade de dengue, ela deve procurar um serviço de saúde para ser avaliada”, explica.


Outra dúvida comum é saber em que momento deve procurar ajuda médica.

Fonte: https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2024/02/02/dengue-mg-e-rio-de-janeiro-decretam-epidemia.ghtml